Logo Vou de Kombi

nosso diário de viagem

20MAR2014

Cidade do México

MÉXICO
Cidade do México

Encravado no coração da cidade do México está um dos centros históricos mais bonitos da América Latina. Citada entre uma das maiores cidades do mundo, a capital México é guardiã de uma historia cultural ímpar contada em monumentos, arquitetura, museus, parques e zonas arqueológicas.

Há muitos anos atrás, no lugar da cidade havia um lago chamado Texcoco sobre o qual a civilização asteca construiu a cidade sagrada de Tenochtitlán, capital do Império Asteca e hoje Cidade do México.

Desde a antiguidade, ela foi o centro produtor de alimentos, pois a civilização Asteca cultivava alimentos a partir das Chilampas que ainda hoje podem ser vistas em plena atividade na cidade de Xochimilco, 30 quilômetros ao Sul da cidade. Com a chegada dos espanhóis a cidade asteca foi soterrada e em seu lugar ergueu-se a cidade do México.

Gigante como São Paulo, com ruas largas e trânsito rápido, no coração da cidade do México o que se vê é um espetáculo de rara beleza: ruas com fontes de água, detalhes e esculturas que fazem lembrar um museu a céu aberto ou melhor, um jardim delicadamente adornado.

Cidade do México

A guardiã da cultura asteca não é fácil para viajantes que carregam consigo a própria casa, pois aqui não se pode parar para dormir em nenhum lugar que seja. Existe uma Grua (guincho) que, depois das 23h passa pelas ruas e mete um cadeado na roda do carro... Xilindró nele. Única solução é reservar hotel ou deixar a cidade.

Bem, quem acompanha nossa viagem sabe que não hotel está fora de nossos planos viajeiros, camping talvez, mas eles simplesmente não existem na cidade do México, Hostel com estacionamento alto também é problema... Sair da cidade, nem pensar! Usamos o dia para conhecer Xichomilki e deixar a cidade do México não estava nos nossos planos. Rodamos, rodamos... Nada! Há uma região de teatros com amplos estacionamentos, mas não são negociáveis. Aos nossos insistente pedidos, a resposta era não, não, não! Mantivemos a calma. Deveria haver um lugar, uma brecha nos sistema de Grua. Que nada!

Por fim chegamos ao comando da Policia Nacional que não nos deixou ficar. Disseram-nos que a Grua passaria e nos levaria. Como estávamos ao lado da Secretaria de Segurança Pública decidimos arriscar mais uma vez..

Alice cheirava a motor quente, cansada do trânsito lento de final do dia, mas trazíamos um brilho de esperança no olhar. Chegamos ao departamento de segurança e insistimos, mas tanto insistimos que, depois de muita conversa, ganhamos mais um dia na cidade do México.

Os policiais tiraram foto com a Kombi que bem depressa ganhou fama no batalhão. Dormimos sob o olhar dos guardiões do trânsito, à sombra da Grua e ela não nos podia alcançar.

COMENTÁRIOS

jose e Olinda 12/04/2014

Que aventura voces vivenciaram na cidade do Mexico, rodar e rodar por uma cidade gigante e não conseguirem pernoite, até que acharam o descanso. Isto é coisa de herois, é o que vocês são. Continuem com mais animo essa viagem inesquecivel e maravilhosa.

COMENTE!

Criação de Sites: Trupe Agência Criativa Trupe Agência Criativa