Logo Vou de Kombi

nosso diário de viagem

08MAR2014

Vencidos pelo cansaço‏

MÉXICO
Vencidos pelo cansaço‏

Estávamos sem mapas e sem GPS. Os trâmites no posto de controle de Hixtla demoraram mais que o previsto. Saímos de lá perto da meia-noite, contradizendo nossa própria regra de não dirigir à noite.

Como os policiais garantiram que era tranquilo seguimos até uma estação de serviço mais próxima e na manhã seguinte tomamos a direção de São Cristóvão de Las Casas, mas não entramos na cidade.

Havia um desajuste entre nós. Foram muitas fronteiras feitas proximamente e a viagem parecia carecer de sentido. Para onde ir? O que queremos encontrar? Por quê viemos ao México? Estávamos ali afinal, na estrada, em direção a um lugar distante, extenuados e vazios...

Quando essas crises se instauram a melhor coisas é ajoelhar-se, respirar profundo, dando ao medo, à insegurança, à falta de sentido seu justo lugar.

Por vezes, esses sentimentos vêm e vão rapidamente, mas dessa vez perduraram por mais tempo, algo como que três dias. Nossos nervos estavam à flor da pele. Tocamos a viagem lentamente, sem procurar situações de pudessem causar mais estress.

Aos poucos paisagem e estrada foram nos ganhando e... Entramos definitivamente no México, próximos da Península de Yucatán, nosso primeiro destino.

Viver sadiamente a tensão é como dilatar as pupilas, por um instante enxergamos pouco, há que se ter maior precaução, mas logo depois, de olhos mais abertos enxergamos melhor a beleza com que somos presenteados todos os dias.

Para todas as crises da vida, um bom dia de Alice

COMENTE!

Criação de Sites: Trupe Agência Criativa Trupe Agência Criativa